To Be Geek

Um mundo para Geeks

Comandos do Terminal Linux – Básico Parte 1

Postado por Fredinho Mandu em 01/fev/2014 - Sem Comentários

Terminal Linux, Linux Console, dentre outros nomes é dado ao dispositivo (software) que interage entre o usuário e o kernel do sistema, enviando e recebendo informações ao kernel que o processa. Para entrar no terminal no sistema Ubuntu, aperte ALT+F2 e digite gnome-terminal e aperte enter. Um programa igual ao de baixo irá aparecer. terminalinteiro 600x383 Comandos do Terminal Linux   Básico Parte 1 Importante: No Linux há diferença entre “caixa baixa” e “CAIXA ALTA”, por isso lembre-se que linux e LINUX, são duas coisas distintas, em todo comando atente-se na diferença entre as duas formas de escrita.

 

Nesse tutorial será mostrado diversos comandos básicos do Linux (terminal), com finalidade de sanar algumas duvidas ou até mesmo expandir o conhecimento daqueles mais leigos. Esse é 1 de uma série de posts relacionados, em breve terá outros posts complementares sobre comandos do terminal Linux, aguarde! icon wink Comandos do Terminal Linux   Básico Parte 1

 

Diretórios e Arquivos

Comando cd

Comando responsável pela navegação entre diretórios pelo terminal. Veja os exemplos abaixo:

cd $HOME/Desktop

cd $HOME/Desktop redireciona o terminal para o Desktop ( cd = redireciona o terminal para o diretório indicado a sua frente e $HOME/Desktop indica o diretório )”

cd ..

Em cd .. o terminal sobe um diretorio (se o terminal estivesse apontado para $HOME/Imagens por exemplo, quando usado o comando apontaria o teminal $HOME/, subindo um diretorio)

ls

o comando ls Lista todos os arquivos no diretório em que o terminal esta apontado ou no diretório descrito a sua frente, exemplo:

ls

ou

ls $HOME/Imagens

 

cp

Copia um arquivo ou arquivos da pasta em que o terminal esta direcionado, e cola na pasta descrita a frente que sera o local onde você desejar colar o arquivo (foto_niver.png é só um exemplo)

cp foto_niver.png $HOME/Imagens

No modo acima o terminal deve estar apontado para a pasta onde a imagem se encontra. outro modo seria

cp $HOME/foto_niver.png $HOME/Imagens/

Em que cp é o comando e $HOME/foto_niver.png seria a imagem(local + o nome da imagem e extensão), já $HOME/Imagens/ é o local onde a imagem será copiada. No modo acima o terminal não precisa estar apontado para a pasta onde a imagem se encontra, já que ela está indicada a frente do comando. Sempre que usar “*.extensão” o comando afetara todos os arquivos com aquela extensão, exemplo: *.png, *.jpg, *.txt, etc… também pode-se usar dessa forma:

cp *.png $HOME/Imagens/   

No modo acima o terminal deve estar apontado para o local onde se encontra a imagem, ou

cp $HOME/*.png $HOME/Imagens/

No modo acima o terminal não necessita estar apontado para o local onde se encontra a imagem, pois o mesmo esta descrito no comando. Em ambos os modos são copiados todas as imagens com extensão png para a pasta designada.

mv

mv é comando muito parecido com o cp, só que em vez de copiar ele move os arquivos, sua sintaxe é parecida com a cp e pode-se usar do mesmo modo, veja os exemplo abaixo:

mv foto_niver.png $HOME/Imagens

 Move o arquivo foto_niver.png, que esta na pasta em que o terminal esta apontado para a pasta descrita a frente ($HOME/Imagens)

mv $HOME/foto_niver.png $HOME/Imagens/

 

mv *.png $HOME/Imagens/

 

mv $HOME/*.png $HOME/Imagens/

 mkdir

Esse comando é responsável por criar diretórios vazios, exemplo:

mkdir nova_pasta

O comando acima irá criar uma pasta com o nome “nova_pasta”

rm

Comando responsável por remover arquivos. Sua sintaxe também é parecida com o comando cp, exemplo:

rm arquivo.jpg

rm arquivo.jpg, em que o ” arquivo.jpg” refere-se ao arquivo que será deletado, lembrando que o terminal deve estar previamente apontado para a pasta onde o arquivo se encontra

rm $HOME/arquivo.jpg

Em rm $HOME/arquivo.jpg o terminal não necessita ser apontado previamente para pasta onde o arquivo se encontra, pois $HOME/arquivo.jpg refere-se ao local + nome do arquivo que será deletado

rm *.jpg

Em rm *.jpg o comando excluirá todo arquivo que se encontra no local em que o terminal esta apontado com extensão .jpg

rm $HOME/*.jpg

Em rm $HOME/*.jpg o comando excluirá todo arquivo que se encontra no local descrito com extensão .jpg Obs. caso queira deletar um diretório não vazio (deletar também todos os arquivos dentro) com o comando rm acrescente a referencia -r a sua frente exemplo:

rm -r nomedapasta

rmdir

Esse comando tem como função excluir um diretório vazio, exemplo:

rmdir nova_pasta

O comando acima excluirá a pasta com nome “nova_pasta”

Privilégios

sudo

sudo lhe dá privilégios de root, precisa de autenticação da sua senha (é necessária a sua senha de usuário ). Pode ser usado quando se necessita executar algum aplicativo ou comando com privilégios de root, exemplo: sudo nome_do_programa , veja mais exemplos abaixo:

sudo cp foto.jpg $HOME

sudo rm foto.jpg

sudo gedit

 

su

Entra como usuário root, precisa da autenticação da senha do root (é necessário a senha do root), exemplo

su

ou

sudo su

No método acima você usa o comando sudo antes do su, para entrar como usuário root com a sua senha(não é a mesma do root, é a senha do seu usuário)

chmod

Comando que altera as permissões de arquivos e pastas, consiste no comando chmod mais três números de permissão, sendo o primeiro referente ao proprietário do arquivo, o segundo ao grupo que ele pertence e terceiro ao restante, exemplo: chmod 777 nomedoarquivo

 

Tipos de permissões:

0- sem permissão

1 – permissão somente de execução

2 – permissão somente de escrita

3 – permissão de escrita e execução

4 – permissão somente de leitura

5 – permissão de leitura e execução

6 – permissão de leitura e escrita

7 – permissão de leitura, escrita e execução

 

Veja, o exemplo abaixo altera as permissões do arquivo “programa” para “permissão de leitura, escrita e execução” para o dono do arquivo e “permissão de leitura e execução” para o grupo em que ele está e os demais usuários( 755 ):

chmod 755 programa

Frederson Mandu de Oliveira é Tec. em Adm, fundador e blogueiro do blog To Be Geek, está cursando o primeiro semestre do curso Superior em "Tecnologia em Analise e Desenvolvimento de Sistemas", é aficionado em tudo relacionado a tecnologia e tendências.

0 Comentários

Deixe o seu comentário!